Physico-chemical and microbiological quality of grated cheeses marketed in Recife-PE, Brazil

Augusto César Magalhães Nunes, José do Egito de Paiva, Neila Mello dos Santos Cortez, Ian Carneiro da Cunha Nóbrega, Rodrigo de Oliveira Simões

Abstract


The grated cheese is a food product, ready for consumption, commonly marketed in Brazil. However it is one of the products that have higher level of nonconformity for its microbiological quality, offering public health risks. The objective of this study was to evaluate the physicochemical and microbiological quality of grated cheeses. Samples of 19 brands of grated cheese produced in Brazil and sold in Recife-PE were collected in August 2013. The samples were packed and transported to the Experimental Laboratory of Food Analysis, Federal Rural University of Pernambuco. The results were compared with the decree n° 357/1997 of the Ministry of Agriculture, Livestock and Supply. Found that sixteen percent (16%) of the samples had levels of sorbic acid above those permitted by law, and forty-two percent (42%) of the samples had counts of yeasts and molds (fungi) above the accepted limit, but all marks showed compliance in relation to other physical, chemical and microbiological parameters. Highlights the need for greater oversight of the grated cheese and improvement of sanitary conditions of processing, avoiding risks to consumer health.


Keywords


Milk derived, pysico-chemical evaluation, microbiological quality

References


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDÚSTRIAS DE QUEIJO - ABIQ. Produção de Queijos no Brasil. Disponível em: http://www.abiq.com.br/. Acesso em 15 mar. 2014.

BALABAN, N.; RASOOLY, A. Staphylococcal enterotoxins. International Journal Food Microbiology, v.61, n.1, p.1-10, 2000.

BRASIL. Instrução Normativa No. 68 de 12 de dezembro de 2006. Métodos Analíticos Oficiais Físico-Químicos para Controle de Leite e Produtos Lácteos. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 14 dez. 1997. Seção 1, p. 8.

BRASIL. Portaria No. 357 de 04 de setembro de 1997. Regulamento Técnico para Fixação de Identidade e Qualidade de Queijo Ralado. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 08 set. 1997. Seção 1, p.19688-19690.

BRASIL. Portaria No. 101 de 11 de agosto de 1993. Métodos Analíticos para Controle de Produtos de Origem Animal e seus Ingredientes – Métodos Microbiológicos. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 17 ago. 1993. Seção 1, p.11937.

BRASIL. Resolução RDC ANVISA/MS nº 234, de 19 de agosto de 2002. Regulamento Técnico sobre aditivos utilizados segundo as Boas Práticas de Fabricação e suas Funções. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 21 de ago. 2002. Seção 1.

BRASÍLIA. Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia. In: BRASILIA. Pesquisa de Mercado. Brasil, 2011. Disponível em: http://www.inmetro.gov.br/consumidor/produtos/queijoRalado.asp. Acesso em 20 mar. 2014.

FAOSTAT. Produção de queijo brasileiro. Disponível em: http://faostat3.fao.org/faostat-gateway/go/to/download/Q/QP/E. Acesso em: 14 maio 2014.

FRANCO, B. D. G; LANDGRAF, M. Microbiologia dos Alimentos. Rio de Janeiro: Atheneu, 2004.p.182.

INSTITUTO ADOLFO LUTZ. Métodos químicos e físicos para análise de alimentos. São Paulo: IAL, 2008. 1ª Ed. Dig., cap. 27, p. 98-840.

INTERSALT COOPERATIVE RESEARCH GROUP. An international study of electrolyte excretion and blood pressure: results for 24 hour urinary sodium and potassium excretion. BMJ 297: p. 319-328, 1988. Disponível em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/3416162

JAY, J. M. Microbiologia dos alimentos. 6.ed. Porto Alegre: Artmed, 2005. 51-142p.

MARTINS, R. P. et al. Analysis of virulence genes in Escherichia coli isolated from grated cheese. Ciência e Tecnologia de Alimentos, Campinas, v.31, n.1, p.106-108, jan/mar 2011.

MATA, C. A.; BARCELOS, F. A.; MARTINS, J. D. L. Pesquisa de Escherichia coli, Salmonella sp, Staphylococcus coagulase positiva, bolores e leveduras em superfícies de latas de refrigerante e cerveja. Revista Higiene Alimentar, v.24, n.190/191, p.122-127, 2010.

MOLINA, M. C. B.; CUNHA, R. S.; HERKENHOFF, L. F.; MILL, J. G. Hipertensão arterial e consumo de sal em população urbana. Revista Saúde Pública, São Paulo, v.37, p.743-750, 2003.

OLIVEIRA, L. M. A.; ANJOS, L. M. J.; SOUZA, P. R. R.; BRUMANO, L. P.; BESSA, M. E.; PINTO, M. A. O. Avaliação da qualidade de queijos ralados para proteção à saúde pública. Revista do Instituto Laticínio “Candido Totes”, v.67, n.384, p.41-47, 2012.

PIMENTEL, E. F.; DIAS, R. S.; RIBEIRO-CUNHA, M.; GLÓRIA, M. B. A. Evaluation of the labelling and physico-chemical and microbiological quality of grated cheese. Ciência e Tecnologia de Alimentos, Campinas, v.22, n.3, p.289-294, set/dez 2002.

RIBEIRO, J. C. B.; CARDOSO, C. R.; ESMERINO, L. A.; SANTOS, R. D.; DEMIATE, I. M.; NOGUEIRA, A. Qualidade físico-química e microbiológica do queijo parmesão ralado comercializado em Ponta Grossa, Paraná Revista do Instituto Laticínio “Candido Totes”, v.67, n.387, p.21-29, jul/ago 2012.

SALVADOR, M.; CAMASSOLA, M.; MOSCHEN, E.; ZANROSSO, A. Avaliação da qualidade microbiológica de queijo prato e parmesão ralado. Boletim do Centro de Pesquisa de Processamento de Alimentos, Curitiba, v.19, n.1, p.65-74, 2001.

SARNO, F. Estimativas do consumo de sódio no Brasil, revisão dos benefícios relacionados à limitação do consumo deste nutriente na Síndrome Metabólica e avaliação de impacto de intervenção no local de trabalho. 2010. 135 f. Tese (Doutorado em Ciências) Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.

SILVA, N.; JUNQUEIRA, V. C. A.; SILVEIRA, N. F. A.; TANIWAKI, M. H.; SANTOS, R. F. S.; GOMES, R. A. R. Manual de metodologia de análise microbiológica de alimentos e água. 4. ed. São Paulo: VARELA, 2010. 319p.

TROMBETE, F. M.; FRAGA, M. E.; SALDANHA, T. Avaliação da qualidade química e microbiológica de queijo parmesão ralados comercializado no Rio de Janeiro. Revista do Instituto Laticínio “Candido Totes”. v.67, n.385, p.11-16, 2012.




DOI: http://dx.doi.org/10.18067/jbfs.v2i1.10

Refbacks

  • There are currently no refbacks.
';



 

Follow us

FacebookTwitter

J. Bioen. Food Sci., Macapá, AP, Brazil. eISSN 2359-2710

  Licença Creative Commons 

The journal is licensed with Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional

 

Address for correspondence

Professor Victor Hugo Gomes Sales

Journal of Bioenergy and Food Science

Federal Institute of Amapá, Campus Macapá.

Rodovia BR 210 KM 3, s/n Bairro Brasil Novo. CEP: 68.909-398. Macapá, Brazil.

Phone: +55 (96) 3198-2150

jbfs@ifap.edu.br | suporte.jbfs@ifap.edu.br